Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga Basquete: Desportivo e Maxaquene vencem primeiro jogo das meias finais

Teve início na noite desta quinta-feira a disputa das meias finais da Liga Nacional de basquetebol em séniores masculinos, que estão a ser jogados em “play-offs” a melhor de três jogos. Maxaquene, Desportivo de Maputo, Ferroviário de Maputo e Ferroviário da Beira são os candidatos aos dois lugares da final e ao ceptro de campeão nacional de 2010.

O Desportivo de Maputo, apesar de ter estado sempre na frente do placar, teve que aplicar-se a fundo para vencer o Ferroviário de Maputo por 91 a 89, na primeira partida da noite. Augusto Matos fez um grande jogo e acabou como o melhor marcador do jogo com 35 pontos, do lado dos locomotivas Octávio Magoliço foi o mais inconformado.

No duelo entre o campeão e o vice da época passada mais uma vez o Maxaquene levou a melhor sobre o Ferroviário da Beira, já vai na quinta vitória em cinco jogos entre as duas equipas esta época. A equipa de José Delfino até esteve em vantagem no marcador nos primeiros minutos do jogo porém um triplo de Kim Adam colocou os tricolores na frente do placar. O norte americano não fez uma grande partida mas deu algum espectáculo marcando alguns afundanços decisivos para levantar a moral da sua equipa, apesar de também haver criado vários momentos de tensão com os àrbitros.

O segundo período começou com o Maxaquene a vencer por 24 a 22 pontos e a apertar a sua defesa no garrafão, dificultando o jogo interior do representante do Chiveve que apenas em lances livres e da linha dos 3,25 conseguiu reduzir a desvantagem e passar novamente para o comando do marcador. O campeão acusou o golpe e somou alguns turn overs, Inaque Garcia pediu um desconto de tempo e reoganizou a sua equipa, resultou!

O Maxaquene passou para frente do placar no reatamento. Jose Delfino vendo os tricolores aumentarem a vantagem lançou novamente para o jogo Ismael Nurmamad, que grande partida deste jovem base, defendeu, armou o jogo da sua e ainda marcou, foi o melhor marcador do jogo fazendo 27 pontos à sua conta . Os locomotivas chegaram ao empate porém do lado tricolor um jovem destaca-se, o base Ivan Cossa, que com um triplo em cima do intervalo colocou a sua equipa a vencer.

O Maxaquene voltou do descanso a vencer por 45 a 40 pontos e, logo no primeiro ataque alargou a vantagem. Os locomotivas lutavam para não deixar a desvantagem aumentar porém é evidente a falta de soluções no banco dos representantes de Sofala. Do lado contrário Ivan dava show com a sua inspiração e o Maxaquene venceu este período por 70 a 64 pontos.

José Delfino colocou novamente em campo Lucusa Mutombo no início do último periodo e a Ferroviário ainda reduziu a desvantagem para dois pontos. Mas esta equipa do Maxaquene, mesmo sem fazer uma grande exibição, tem muita qualidade no seu conjunto e o técnico espanhol sabe muito bem organiza-la. Quase com naturalidade, os tricolores aumentaram a vantagem no marcador, com mais um afundanço de Kim Adam e dois triplos, primeiro de Sílvio Letela e depois Samora Mucavele, consolidaram a vitória do Maxaquene por 97 a 74 pontos.

Esta noite as equipas voltam ao pavilhão do Maxaquene para as segundas partidas dos “play-offs”, caso Desportivo ou Maxaquene vençam esta noite estarão apurados para a final.:

18 horas – Desportivo de Maputo Vs Ferroviário de Maputo

20 horas – Maxaquene Vs Ferroviário da Beira 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!