Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Líder comunitário e cidadão chinês detidos em Sofala por corte ilegal de madeira

Um líder tradicional do distrito Muanza, na província de Sofala, está a contas com as autoridades judiciais, devido ao alegado corte de madeira no período de defeso – levantado nesta quarta-feira (21) – e foi surpreendido a efectuar o carregamento de um camião, em conexão com um cidadão de nacionalidade chinesa, o qual foi, também, alvo de um processo-crime, mas mais tarde viria a ser restituído à liberdade após o pagamento de uma multa.

Trata-se de Johane Adelino, do povoado de Chenapamimba. Ele é igualmente líder do Comité de Gestão dos Recursos Naturais (CGRN) de Chenapamimba, um órgão comunitário que participa na protecção dos recursos naturais. O camião em questão estava carregado com 72 troncos, correspondentes a 20 metros cúbicos da madeira da espécie umbila, prontos para serem vendidos a uma firma chinesa de nome Shaohong, destinada à compra, processamento e exportação de madeira.

As autoridades policiais não revelaram a identidade do representante daquela empresa chinesa nem do condutor do camião que transportava tal madeira. Verdade é que os dois cidadãos já gozam de liberdade após terem pago uma multa de cerca de 780 mil meticais, pela infracção cometida.

Contudo, pese embora o pagamento da multa e restituição do meio circulante, a madeira reverte a favor do Estado moçambicano.

Domingos Ncuinda, chefe de fiscalização dos Serviços Provinciais de Florestas e Fauna Bravia de Sofala (SPFFBS), disse à imprensa que o líder comunitário de Chenapamimba é o cabecilha do abate ilícito da madeira numa área onde ele próprio controla, o que merece uma dura punição. Porém, nesta quarta-feira, o Governo moçambicano declarou aberta a campanha florestal de 2017, o que marca o fim da proibição – desde o princípio do ano – do corte de madeira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!