Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Líbia: Jacob Zuma diz que Khadafi aceitou cessar-fogo

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, disse este domingo que o líder líbio, Muamar Khadafi, aceitou o plano da União Africana por um cessar-fogo na Líbia.

O anúncio ocorreu num dia de fortes confrontos no país e de bombardeamentos sem precedentes da Nato (aliança militar ocidental). “A delegação do irmão líder (Khadafi) aceitou o mapa do caminho apresentado por nós”, disse Zuma, em Trípoli, juntamente com outros quatro líderes africanos, numa visita que procurava uma trégua nos dois meses de confrontos naquele país do norte de África.

“Temos que dar uma chance ao cessar-fogo”, agregou Zuma, pedindo que a Nato interrompa os bombardeamentos no país e dizendo que o seu plano de trégua será detalhado num futuro comunicado. No entanto, o correspondente da BBC na Líbia Jon Leyne relata que nem os rebeldes nem o regime de Khadafi parecem dispostos a fazer concessões que levem a uma paz no curto prazo.

A delegação da União Africana vai se reunir nesta segunda-feira com representantes do governo interino estabelecido pelos rebeldes na cidade de Benghazi. Em entrevista à BBC, um representante da oposição líbia, Guama al Gamaty, disse que o plano de cessar-fogo será analisado com cuidado, mas agregou que qualquer projecto destinado a manter Khadafi e seus filhos no poder não será aceite pelos insurgentes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!