Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Libertado jornalista tswanês detido por sedição

O chefe de redação do Sunday Standard, um dos principais semanários do Botswana, foi libertado depois de ter sido detido segunda-feira por sedição, mas deverá comparecer a 28 de Novembro próximo diante da Justiça.

Outsa Mokone foi detido por sedição devido a um artigo publicado no seu jornal assinado pelo repórter Edgar Tsimane a anunciar que o Presidente do Bostwana, Ian Khama, esteve envolvido num acidente de viação quando conduzia à noite.

Falando pouco após a sua libertação diante do Alto Tribunal de Gaberone, Mokone revelou que vai continuar a efetuar o seu jornalismo de investigação rigoroso. “Sei que a pergunta que todo o mundo faz é saber se o Sunday Standard vai alterar o seu conteúdo e a resposta é não”, afirma Mokone. “Prefiro passar 100 anos nas prisões deles do que um único dia na de consciência culpada”, acrescentou o jornalista, que foi libertado terça-feira à noite.

Mokone considerou que este assunto não era contra ele, mas contra o jornalismo. Os partidos da oposição e os defensores da imprensa condenaram terça-feira a detenção de Mokone, indicando que o Governo deveria pedir um direito de resposta em vez de o deter.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!