Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Libertação de jovem blogueiro condenado por desenhos blasfematórios na Tunísia

Um blogueiro tunisino, Jaber Mejri, detido há mais de dois anos por difusão na internet de caricaturas “blasfematórias” e “ofensivas” ao profeta Maomé, foi libertado terça-feira à noite, soube-se junto da sua advogada, Bochra Belhaj Hamida.

Segundo a advogada, o seu cliente «regressou à sua casa em Mahdia, uma cidade situada a uma centena de quilómetros a sudeste de Túnis com medidas de proteção tomadas para garantir a sua segurança, por receio de ameaças de extremistas.

Apesar da amnistia presidencial de 19 de fevereiro último, ele foi mantido em prisão com a surpresa geral, na sequência dum mandado de captura emitido por « desvio de fundos » duma empresa de transporte onde trabalhava.

Os seus advogados interpuseram recurso e obtiveram o pedido de soltura junto da Justiça que ordenou a sua libertação provisória, enquanto se aguarda pela comparência em tribunal no novo caso de direito comum.

O comité de apoio ao blogueiro considerado como « o primeiro prisioneiro de opinião pós-revolução na Tunísia », saudou a sua libertação, afirmando num comunicado que é «uma vitória para todos os defensores da liberdade de consciência e da liberdade de expressão ».

O comité declara que ele « continuará ativo, enquanto todas as acusações retidas contra Jaber Mejri forem mantidas e não for reabilitado ».

O jovem internauta de 29 anos de idade tinha sido condenado em 2012 a sete anos e seis meses de encarceramento por « perturbação da ordem pública » e « violação da moralidade », pois o Código Penal não sancionou a « blasfémia ».

Implicado no mesmo caso, o seu amigo Ghazi Beji, condenado a uma pena similar, preferiu fugir para o estrangeiro, em França onde ele obteve o asilo político

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!