Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

LAM apresenta o EMBRAER 190

A primeira aeronave EMBRAER 190 da empresa Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) foi publicamente apresentada hoje, em Maputo, numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da Republica, Armando Guebuza. O avião de fabrico brasileiro, com uma capacidade de transportar 98 passageiros, fará voos com destino a Luanda (Angola), Dar-es-Aalaam (Tanzânia) e Joeanesburgo (África do Sul).

A cerimónia de apresentação pública do novo avião, baptizado com o nome Cobué (Posto Administrativo do distrito do Lago, província do Niassa, Norte do país), foi oficiada pelo próprio Chefe do Estado moçambicano e contou com a presença de membros do Governo e funcionários daquela empresa pública. Durante o ritual, Armando Guebuza deitou champanhe sobre o “focinho” da aeronave e seguidamente entrou no seu interior para contemplar o conforto e modernidade de que está equipada.

No final da cerimónia, Guebuza disse que a aquisição da aeronave mostra que os moçambicanos estão a responder aos desafios actuais na área da aviação civil. “Isto mostra que nós estamos a responder aos desafios actuais na área da aviação civil”, disse Guebuza, acrescentando que “à primeira sensação que tive é que os moçambicanos são capazes de fazer muita coisa como trabalhar com instrumentos tão modernos como o novo avião”’.

A aeronave (turbojet) está equipada de um sistema altamente computarizado que permite a central de manutenção detectar com muita facilidade qualquer avaria que o aparelho registar durante o voo. Este aparelho tem outras características vistas como valor acrescentado que se traduzem na capacidade de voar a uma altitude igual a 40 mil pés (12 mil metros) durante mais de duas horas, bem como os baixos níveis de emissões de dióxido de carbono e poluição sonora, se comparado ao Boeing 737-200.

Aliás, a capacidade de voar a grandes altitudes tem um valor determinante na redução dos níveis de consumo de combustível e consequentemente baixa despesa para a empresa operadora do avião. A aquisição de um aparelho novo desta série no mercado está avaliada em 35 milhões de dólares norte-americanos e insere-se no Plano Estratégico 2008/10 da LAM, orçado em 100 milhões de dólares, que preconiza, entre vários objectivos, a substituição e modernização da sua frota e aposta em novas carreiras.

Este novo avião chegou ao país no último Sábado. O segundo, da mesma série, chegará ao país até ao final do mês de Setembro próximo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!