Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Lakers atropelam Magic no primeiro jogo da final da NBA

Lakers atropelam Magic no primeiro jogo da final da NBA

Num jogo contra o “Super-Homem” Dwight Howard, quem voou em Los Angeles foi Kobe Bryant. O MVP da última temporada superou a sua melhor pontuação em jogos de playoffs ao marcar 40 pontos e levor o Los Angeles Lakers à vitória por 100 a 75 contra o Orlando Magic na primeira partida da série melhor-de-sete das finais da NBA. O próximo confronto será na madrugada de segunda em Maputo.

Os dois astros do jogo não apareceram no primeiro quarto. Bem marcados, Kobe Bryant e Dwight Howard marcaram somente 6 e 5 pontos, respectivamente. Assim como eles, o espanhol Pau Gasol começou apagado, perdendo bolas fáceis para Hedo Turkoglu, destaque neste período. Dos 14 pontos marcados pelos Magic no início do confronto, sete foram dele, que terminou o período com nove. No fim, Kobe infiltrou no garrafão, fixou o olhar no cesto, mas errou o arremesso, deixando a quadra com 24 a 22 para o Orlando.

No início do segundo quarto, a defesa do Magic continuou bem no garrafão, principalmente com o polaco Marcin Gortat (quatro rebastos em 8m no jogo) desarmando o ataque dos Lakers com facilidade. Mas a 7m do fim do período os visitantes pararam em quadra e abriram caminho para uma sequência de 10 pontos dos adversários, que levaram a equipe de Los Angeles à frente do marcador, com dois arremessos certeiros de Kobe.

A 25s do fim, Derek Fisher acertou um cesto que deixou a sua equipe com 51 a 41. Logo depois, Turkoglu, apagado na período, marcou dois lances livres, mas a diferença no marcador foi confirmada com uma boa infiltração de Kobe na última jogada do quarto (53 a 43).

O regresso para o segundo tempo trouxe duas situações que podem resumir o jogo. Logo no início, Kobe liderou o ataque dos Lakers e aumentou a vantagem no marcador para 14 pontos. Então, Dwight Howard conseguiu, enfim, receber um passe dentro do garrafão, mas, quando girou para o cesto, foi interceptado não por um, mas por três adversários – Kobe, Gasol e Odom.

Muito marcado, o Super-Homem anotou apenas um ponto no terceiro período, num lance livre. Do outro lado, Kobe voou e chamou a responsabilidade para si, somando 18 pontos no período, e já deixando a quadra igualando sua melhor pontuação em playoffs (36). Na jogada que o MVP de 2007/08 deixou a equipe de Los Angeles com 20 pontos à frente no marcador, a 3m40 do fim, até mesmo o rival Jammer Nelson bateu palmas para Kobe. Com o Magic errando muitos passes e arremessos, o período terminou em 82 a 58.

No quarto período, os Lakers apenas administraram a vantagem. Sem poder de reação, a equipe de Stan Vun Gundy parou em quadra e viu o passeio dos donos da casa, que terminou com 25 pontos de diferença e com Kobe registando a sua maior pontuação em jogos de playoffs, 40 pontos, 22 marcados no segundo tempo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!