Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Lakers atropelam Magic no primeiro jogo da final da NBA

Lakers atropelam Magic no primeiro jogo da final da NBA

Num jogo contra o “Super-Homem” Dwight Howard, quem voou em Los Angeles foi Kobe Bryant. O MVP da última temporada superou a sua melhor pontuação em jogos de playoffs ao marcar 40 pontos e levor o Los Angeles Lakers à vitória por 100 a 75 contra o Orlando Magic na primeira partida da série melhor-de-sete das finais da NBA. O próximo confronto será na madrugada de segunda em Maputo.

Os dois astros do jogo não apareceram no primeiro quarto. Bem marcados, Kobe Bryant e Dwight Howard marcaram somente 6 e 5 pontos, respectivamente. Assim como eles, o espanhol Pau Gasol começou apagado, perdendo bolas fáceis para Hedo Turkoglu, destaque neste período. Dos 14 pontos marcados pelos Magic no início do confronto, sete foram dele, que terminou o período com nove. No fim, Kobe infiltrou no garrafão, fixou o olhar no cesto, mas errou o arremesso, deixando a quadra com 24 a 22 para o Orlando.

No início do segundo quarto, a defesa do Magic continuou bem no garrafão, principalmente com o polaco Marcin Gortat (quatro rebastos em 8m no jogo) desarmando o ataque dos Lakers com facilidade. Mas a 7m do fim do período os visitantes pararam em quadra e abriram caminho para uma sequência de 10 pontos dos adversários, que levaram a equipe de Los Angeles à frente do marcador, com dois arremessos certeiros de Kobe.

A 25s do fim, Derek Fisher acertou um cesto que deixou a sua equipe com 51 a 41. Logo depois, Turkoglu, apagado na período, marcou dois lances livres, mas a diferença no marcador foi confirmada com uma boa infiltração de Kobe na última jogada do quarto (53 a 43).

O regresso para o segundo tempo trouxe duas situações que podem resumir o jogo. Logo no início, Kobe liderou o ataque dos Lakers e aumentou a vantagem no marcador para 14 pontos. Então, Dwight Howard conseguiu, enfim, receber um passe dentro do garrafão, mas, quando girou para o cesto, foi interceptado não por um, mas por três adversários – Kobe, Gasol e Odom.

Muito marcado, o Super-Homem anotou apenas um ponto no terceiro período, num lance livre. Do outro lado, Kobe voou e chamou a responsabilidade para si, somando 18 pontos no período, e já deixando a quadra igualando sua melhor pontuação em playoffs (36). Na jogada que o MVP de 2007/08 deixou a equipe de Los Angeles com 20 pontos à frente no marcador, a 3m40 do fim, até mesmo o rival Jammer Nelson bateu palmas para Kobe. Com o Magic errando muitos passes e arremessos, o período terminou em 82 a 58.

No quarto período, os Lakers apenas administraram a vantagem. Sem poder de reação, a equipe de Stan Vun Gundy parou em quadra e viu o passeio dos donos da casa, que terminou com 25 pontos de diferença e com Kobe registando a sua maior pontuação em jogos de playoffs, 40 pontos, 22 marcados no segundo tempo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!