Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

La Liga: Barça soma mais uma goleada, Real sofre mas vence

O Barcelona fez mais uma vítima no Campeonato Espanhol, foi mais uma goleada e mais um espetáculo de futebol. Dessa vez, foi o rival Espanyol, superado por 5 a 1 no clássico da cidade catalã. O duelo foi disputado no Estádio Cornelá El Prat e foi válido pela 16ª jornada. O jovem Pedro e o artilheiro David Villa, duas vezes cada, e o médio Xavi anotaram os golos do Barça, enquanto Osvaldo diminuiu para o Espanyol quando o jogo já estava 3 a 0.

Mesmo não tendo marcado, o nome do jogo mais uma vez foi o argentino Lionel Messi. Embora isso possa parecer um lugar comum, o camisa 10 deu mais algumas amostras de seu grande talento ao participar de quatro dos cinco golos da sua equipe. No primeiro, deu a assistência para Pedro. No segundo, roubou a bola, tocou para Pedro, que serviu Xavi. Quando tentou fazer o dele, o guarda-redes do Espanyol Kameni defendeu. Mas Pedro aproveitou o ressalto para marcar. No quarto gol, foi a vez de Villa aproveitar um passe do gênio. Depois foi a vez de Xavi lançar e Villa fazer o quinto.

O Espanyol, que ainda não havia perdido em casa no campeonato, e descontou numa bela arrancada de Osvaldo. Foi um golaço, mas que infelizmente ninguém vai lembrar. A equipa jogou o que pôde, lutou muito, mas a cada jogo parece mais difícil parar o Barça de Pep Guardiola. Nos últimos sete jogos, foram 31 golos marcados e um sofrido, o de Osvaldo.

Real sofre para vencer o Sevilla

Com um homem a menos e dificuldades para criar, o Real Madrid sofreu, mas venceu o Sevilla por 1 a 0 este domingo, no Santiago Bernabéu, em partida válida pela 16ª jornada do Campeonato Espanhol. Desde a derrota para o Barcelona, a equipa joga pressionado na liga, por ter perdido a liderança. A diferença é de dois pontos (43 a 41). O golo foi marcado pelo argentino Angel Di María.

Em casa, o que se esperava era que o Real Madrid tomasse a inciciativa. Até mesmo a equipe do Sevilla esperava que fosse assim. Tanto é que a equipa visitante fechou-se na defesa e abdicou de jogar. Resultado: O Real Madrid teve no primeiro tempo 70% da posse de bola. Mesmo jogando recuado, porém, a melhor oportunidade do primeiro tempo foi do Sevilla. Nos acréscimos, Romaric tentou de longe e obrigou Iker Casillas a fazer uma defesa complicada.

Pois esse não seria o primeiro susto que o Real Madrid passaria no jogo. Aos 57 minutos do segundo tempo, Álvaro Negredo recebeu passe de Luís Fabiano na cara de Casillas. Mas o atacante do Sevilla mandou por cima da baliza.

Seis minutos depois, a equipe madridista ainda ficaria com um jogador a menos, com a expulsão de Ricardo Carvalho em choque com Negredo. Quando o empate já poderia parecer um resultado satisfatório para a equipa de José Mourinho aconteceu o golo salvador, aos 77.

A jogada começou na direita com Özil, quando o alemão rolou para Pedro León. O chute do espanhol bateu na defesa do Sevilla e a bola sobrou para Di María no lado esquerdo. O atacante argentino livrou-se do guarda-redes Palop, bateu sem ângulo e conseguiu marcar um belo golo. Os ânimos aqueceram no fim do jogo. Tanto que o médio Dabo, do Sevilla, foi expulso aos 45 minutos ao dar um pontapé em Di María. No fim, vitória do Real Madrid para alívio de Mourinho e dos adeptos merengues.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!