Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Kobe despede-se da NBA em noite gala com 60 pontos e vitória dos Lakers

O ala-armador Kobe Bryant disputou esta quarta-feira o seu último jogo como profissional na liga profissional de basquetebol dos Estados Unidos da América(NBA) em grande estilo, com 60 pontos – a maior pontuação individual de toda a temporada – e conduzindo a sua equipa, os Los Angeles Lakers, à vitória, por 101 a 96, sobre os Utah Jazz.

Aos 37 anos, 20 deles como profissional, todos com a camisola dos Lakers, Kobe despediu-se dos fãs que lotaram o Staples Center e o viram brilhar nessas duas décadas, nas quais conquistou cinco títulos da liga e estabeleceu várias marcas históricas.

Como era esperado, a procura por bilhetes foi bastante intensa e, pouco antes do encontro, a entrada mais barata era vendida a 800 dólares.

Apesar da festa pela despedida do seu maior astro da actualidade, os Lakers não vivem uma boa fase nos últimos anos e ficaram com a pior campanha da Conferência Oeste nesta temporada. Os jogadores de Los Angeles, no entanto, deram tudo para dar a Kobe a sua última vitória como profissional, aproveitando também da pouca resistência oferecida pela equipa de Salt Lake City, que, após a vitória de hoje dos Houston Rockets, entrou em campo sem possibilidades de avançar para a fase final.

Os companheiros do ‘Black Mamba’ tentaram municiá-lo com o máximo de bolas possíveis, o que fez Kobe estabelecer uma nova marca, com 50 arremessos de quadra, superando os 47 durante a derrota para os Boston Celtics no dia 7 de Novembro de 2002.

Além disso, Bryant anotou 23 pontos só no último quarto, o que permitiu que ele conseguisse superar a barreira dos 50 pontos pela primeira vez desde Fevereiro de 2009, a sexta como profissional, uma actuação crucial para que os Lakers conseguissem virar o placar e fechar a carreira do astro com uma vitória.

A pontuação de Kobe neste jogo foi a melhor desde os 61 pontos anotados contra os New York Knicks em 2009 e foi a quinta mais alta da sua carreira. Além disso, com os 60 pontos de hoje, Kobe tornou-se o jogador mais velho a anotar pelo menos 50 pontos na NBA.

Antes do início da partida, Kobe recebeu muitas homenagens e toda a noite foi dedicada a enaltecer a sua figura.

Além dos cinco títulos da liga, Kobe foi seleccionado 18 vezes para o All-Star Game, ganhou duas medalhas de ouro em Jogos Olímpicos com a selecção dos Estados Unidos, e foi considerado o Jogador Mais Valioso (MVP, sigla em inglês) da liga na temporada 2007/2008.

Bryant também deixa os campos como o terceiro maior marcador na história da NBA, com 33.643 pontos, atrás apenas de Kareem Abdul-Jabbar (38.387) e Karl Malone (36.928).

Para Magic Johnson, um dos grandes que também vestiu a camisola dos Lakers e foi o mestre de cerimónias na noite, Kobe é a maior celebridade que viveu na cidade de Los Angeles durante os últimos 20 anos e o maior jogador que já vestiu o uniforme dourado e roxo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!