Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Justino Cardoso apresenta ‘Janela de Malangatana’

O conceituado artista gráfico de Nampula, Justino Cardoso, apresentou, na tarde desta segunda-feira, uma mostra em banda desenhada intitulada “ Janela de Malangatana”.

De acordo com o autor, a obra pretende homenagear o multifacetado promotor da cultura e artes moçambicanas Malangatana Valente.

Trata-se, na realidade de uma homenagem singela, mas absolutamente merecido porque Malangatana foi um artista de dimensão incomensurável ao nível do país em que nasceu e que desfrutava de grande reputação internacional – vincou Justino Cardoso.

Acerca do título, o credenciado artista gráfico explicou que a tela é simboliza uma janela que o pintor usa para espreitar o mundo, retratando as comunidades.

Refira-se que, numa das telas o autor retrata a vida e a obra de Malangatana, descrevendo, em capítulos aquilo que foi a sua longa e fulgurante caminhada no exercício artístico e cultural, para além do seu envolvimento nas actividades políticas, em que desde o regime colonial, se identificou, na clandestinidade, com a luta desenvolvida pela FRELIMO (Frente de Libertação de Moçambique) contra a ocupação fascista.

Facto que lhe custou alguns meses nas masmorras da sinistra PIDE/DGS. Além de servir de homenagem, a “Janela do Malangatana” é tida pelo autor como sendo o balanço do período em que a nação Moçambicana e o mundo perdeu fisicamente o Malangatana.

Acrescentou que os artistas plásticos de Nampula não estão a dar prosseguimento dos ensinamentos e exemplos legados pelo saudoso Mestre. Porque, no seu entender, muitos deles estão mais preocupados com o seu ego.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!