Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovens detidos por estupro de três menores em Maputo

A Polícia da República de Moçambique (PRM) recolheu aos calabouços três cidadãos que respondem pelos nomes de Samuel Chiganhane, de 23 anos de idade; Estevão Marcelino, de 29 anos de idade, e o outro cujo nome não foi revelado, de 32 anos de idade, acusados de violar sexualmente três crianças com idades compreendidas entre três e nove anos, entre 22 e 28 de Setembro, na capital moçambicana.

Samuel Chiganhane, residente do bairro do Aeroporto, garante não estar envolvido neste crime, uma vez que a criança está em bom estado de saúde. “Ela estava a brincar no seu quintal, não sei por que razão fui acusado de ter abusado sexualmente dela”.

Estevão Marcelino, morador no bairro da Unidade 7, negou, também, a autoria do crime de que é acusado. Segundo as suas palavras, as crianças gostam de brincar no seu quarto mas nunca fez mal a nenhuma delas.

“Os meus dois amigos acusaram-me, injustamente, numa brincadeira e a mãe da menor de cinco anos considerou isso como verdade. Mas eu juro que não faria isso porque estou ciente de que elas têm idade para serem minhas filhas”, defendeu-se Estevão Marcelino.

De acordo com Orlando Mudumane, porta-voz do Comando da PRM, Estevão e outro jovem cujo não nos foi revelado aliciaram as menores com valores monetários e lograram seus intentos num terreno baldio, algures nas suas zonas de habitação.

“O relatório dos exames médicos aponta que as menores sofreram lesões nos órgãos genitais e até este momento estão a ser tratadas clinica e psicologicamente, mas estão fora do perigo”, concluiu o agente da Lei e Ordem.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!