Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovem mata irmão e foge em Maputo

Uma jovem identificada pelo nome de Ademira António, de 22 anos de idade, acabou com a vida do seu irmão e pôs-se em fuga, na passada quarta-feira (02), no bairro 03 de Fevereiro, em Maputo, com recurso a um instrumento de pilar, em consequência de uma discussão em torno de um fogão.

A vítima respondia pelo nome de Alfeu António, carinhosamente tratado por Paito. A família contou que Alfeu cozinhava pessoalmente a sua comida.

No dia da tragédia, ele saiu de casa para passear por um instante. No seu regresso, apercebeu-se da falta do seu fogão, tendo procurado saber se alguém sabia onde é estava. A irmã, que havia escondido o utensílio no quarto, tentou alegar que não sabia de nada. Gerou-se uma discussão durante a qual o malogrado ficou irritado, quando descobriu a sua irmã estava a mentir.

Com a cara de poucos amigos, Alfeu pegou num pilador e dirigiu-se ao quarto onde a irmã se encontrava, bateu à porta com violência e exigiu o que dizia ser seu. Num ápice, Ademira arrancou o pilador das mãos do irmão e, num impulso de nervos, desferiu um golpe fatal na cabeça. O rapaz caiu inanimado. Seguiram-se gritos de desespero pois a vítima não respondia a nenhum sinal de quem fosse.

A presumível homicida alegou que Alfeu pretendia agredir a mãe que se encontrava perto, mas há que quem disse que tudo não passa de uma mentira. O finado buscou o pilador como forma de pressionar a sua irmã a entregar o fogão. Ademira fugiu logo que notou que o clima estava tenso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!