Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovem australiana perde a vida numa praia do Sul de Moçambique

Uma cidadã de nacionalidade australiana identificada pelo nome de Elly Warren, de 20 anos de idade, foi encontrada sem vida, na manhã de quarta-feira (09), na praia do Tofo, na província de Inhambane.

O @Verdade apurou que Elly viajou para Moçambique sozinha há cerca de seis semana para participar num programa de voluntariado de pesquisa sobre vida marinha que é realizado pela Fundação Marine Megafauna, baseado na praia do Tofo.

Durante a período do seu voluntariado a jovem esteve hospedada num popular resort de mergulho denominado Casa Barry até a passada terça-feira (08).

Fonte do resort disse que Elly pretendia ficar mais alguns dias no popular destino turístico para mergulho no Sul de Moçambique, antes de regressar a sua terra, e por isso reservou alojamento numa outra instância hoteleira, o Wuyani Pari Yango, que dista cerca de 1 quilómetro do anterior.

Pelo que foi possível apurar a jovem australiana fez check in no Wuyani Pari Yango, um alojamento para turistas que viajam de mochilas, vulgo “backpackers”, onde deixou alguns pertences pessoais.

Ao final da tarde deixou a instância turística na companhia de alguns conhecidos e foi vista em diversão num mercado local, onde esteve a consumir bebidas alcoólicas.

Uma testemunha disse ao @Verdade que Elly deixou a barraca e dirigiu-se a residência de um conhecido local onde ficou a confraternizar por mais algumas horas tendo posteriormente regressado a barraca localizada no mercado onde permaneceu mais algum tempo até decidir deixar o local sozinha.

Cerca das 5 horas de quarta-feira(09) o corpo sem vida de Elly foi encontrado próximo de uma casa de banho pública, um local bastante movimentado, por pescadores que alertaram a Polícia da República de Moçambique.

Testemunhas oculares relataram ao @Verdade que o corpo da finada não apresentava sinais exteriores de violência todavia a sua roupa interior estava um pouco acima do joelho.

Juma Dauto, inspector e porta-voz da Polícia em Inhambane, disse ao jornal @Verdade que o corpo da jovem foi transladado para a cidade de Maputo, onde deverá submetido a uma autópsia para determinar a causa da morte.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!