Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

José Norberto questiona a ciência africana

O artista plástico moçambicano José Norberto questiona, através da arte, a pretensa ausência de conhecimentos por parte dos africanos com vista a criarem o seu próprio alfabeto.

“Porque é que nós africanos não conseguimos criar o nosso alfabeto?” Esta e outras questões fazem parte de um conjunto de obras de arte plástica daquele artista, intituladas “A afrologia”, a serem inauguradas neste sábado, 07 de Junho, a partir das 17h:00, podendo ser vistas até 16 do mesmo mês, no Núcleo de Arte, na capital moçambicana.

Com mais de 20 anos de experiência na área da pintura, tempo durante o qual realizou 11 exposições individuais e 10 colectivas, José Norberto ilustra, através de quadros produzidos com recurso a matérias orgânicas, o conceito de Afrologia como a ciência da África e do seu povo. O autor considera que nós os africanos devemos preocupar-nos com a nossa ciência, inventando e/ou desenvolvendo modos de vida tipicamente nossos, como, por exemplo, a criação da grafia “Afro”.

José Norberto nasceu a 28 de Maio de 1963 em Quelimane, na província da Zambézia. Ele é um pintor profissional desde 1985 e, para além da arte plástica, conta com quatro histórias de banda desenhada publicadas no Jornal Kurika. As suas obras são conhecidas no mundo e da sua criação constam mais de dois mil quadros pintados no período de 1985 a 2009.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!