Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jogadores e equipa técnica confiantes num bom resultado frente ao Ruanda

A selecção nacional de futebol na categoria de sub-23 recebe no próximo sábado (21) a sua congénere do Ruanda, em partida da primeira eliminatória de acesso aos Jogos Africanos que serão realizados no Congo Brazzaville. A equipa técnica e os jogadores do combinado nacional estão confiantes na obtenção de um bom resultado.

De acordo com o seleccionador nacional a vinda dos jogadores que actuam no futebol do velho continente, sobretudo o Clésio Baúque, serão uma mais-valia para o conjunto nacional.

“Já dar-nos por felizes por contar com os jogadores que actuam fora de portas. O Clésio vai ser uma peça importante para a estrutura que pretendemos contra a Uganda, uma vez que, como nos é característico. Nesta partida jogaremos com muitas cautelas defensivas, mas sempre procurando as melhores maneiras para finalizar as jogadas ofensivas que produzirmos durante o jogo”, disse Chissano para depois acrescentar que “ os jogadores que jogam no estrangeiro apesar de jogarem em campeonatos mais competitivos não tem um lugar cativo na equipa. Todos os convocados vão lutar por um lugar no onze”.

Por seu turno, Clésio Baúque, capitão do combinado nacional, acredita na obtenção de um bom resultado favorável que permita ao conjunto liderado por João Chissano partir para a segunda mão em vantagem.

“Todos sabemos que não vai ser um jogo fácil, uma vez que não conhecemos a forma de jogar do nosso adversário, mas o grupo esta a trabalhar para ganhar o jogo. Contamos com apoio do público, esperamos que esteja em massa”.

Já Edson Almeida, defesa central da União da Madeira, garantiu que Moçambique vai fazer tudo para sair do Campo do Grupo Afrin que uma vitória. “Representar a selecção nacional não é para qualquer um, por isso, os jogadores estão cientes da responsabilidade que têm. Vamos lutar até aos extremos para a honrar a bandeira nacional”.

Refira-se que o confronto entre os “Mambinhas” será arbitrado pelo namibiano Dennis Nguluwe e terá como auxiliares os seus compatriotas, Clemente Kanduku e Hendrix Maseko, enquanto Ducan Lengani, também namibiano, será o quarto árbitro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!