Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apuramento CAN 2015: Moçambique recebe Cabo Verde com obrigação de ganhar

A seleção nacional de futebol de Moçambique recebe neste sábado (11) a sua congénere de Cabo Verde, no Estádio da Machava, com obrigação de vencer para continuar a sonhar em estar presente no Campeonato Africano das Nações(CAN) de 2015. O seleccionador nacional, João Chissano, prometendo o óbvio uma equipa ofensiva e vincando que os “Mambas” irão atacar sempre que tiverem a posse de bola, pois têm a obrigação de vencer, na qualidade de equipa anfitriã.

De acordo com o seleccionador, Moçambique vai entrar no relvado sintético do Estádio da Machava, neste sábado, para lutar pelos três pontos apesar de ter pela frente umas das melhores equipas do continente africano no presente. “Vamos ter uma equipa ofensiva, mas devemos ter muito cuidado nos aspectos defensivos, pois teremos pela frente um adversário com jogadores muito talentosos”, disse.

Para este jogo João Chissano não vai contar com os préstimos de Jojó (Desportivo de Maputo) e Mário (Ferroviário da Beira), que não conseguiram recuperar das lesões que contraíram na 23ª jornada do Moçambola, nas suas respectivas equipas.

Instando comentar sobre a transferência do jogo para o Estádio da Machava, João Chissano declarou o seguinte “Não há tempo para lamentações, o jogo será realizado na Machava, resta-nos tentar nos adaptar para superar o nosso rival. Espero que o nosso adversário sinta mais dificuldade que nós neste relvado”

Importa referir que o pontapé de saída do confronto entre os “Mambas” e os Tubarões será dado as 15h e 30 e não as 16h como estava inicialmente marcado, porque o Estádio da Machava não possui uma iluminação artificial.

Duas baixas no ataque de Cabo Verde

Entretanto os avançados Ryan Mendes e Djaniny, ambos lesionados, são baixas na seleção de Cabo Verde para o jogo de sábado. Ryan Mendes, do Lille de França, foi inclusive dispensado e estará igualmente ausente da partida da quarta jornada na cidade da Praia.

O selecionador de Cabo Verde, o ex-internacional português Rui Águas, chamou para o lugar do jogador do Lille Valter Borges do Bravos dos Maquis de Angola. A equipa médica da seleção cabo-verdiana acredita que Djaniny, jogador do Santos Laguna do México, poderá ser recuperável para o embate da quarta jornada contra Moçambique na cidade da Praia.

Ao cabo das duas primeiras jornadas, Cabo Verde comanda isolado o Grupo F com seis pontos, seguido de Moçambique, com dois pontos. As duas selecções voltam a defrontar-se na quarta jornada, em partida que irá ter lugar na capital cabo-verdiana no dia 15.

As outras equipas do grupo F, Níger e a Zâmbia, que somam apenas um ponto cada, também jogam entre si, neste neste sábado em Niamey e na quarta-feira em Ndola.

As duas primeiras selecções classificadas de cada grupo e a melhor terceira equipa (todos os grupos) qualificam-se para a fase final do CAN previsto para 17 Janeiro a 8 de Fevereiro de 2015 no Marrocos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!