Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Japão triplica presença das suas empresas em Moçambique

O número de empresas japonesas interessadas em investir no mercado moçambicano poderá passar das actuais cinco para 15 firmas até 2015, disse Keiji Hamada, conselheiro da Embaixada do Japão em Maputo.

A corrida das companhias japonesas para Moçambique resulta das “excelentes oportunidades que este mercado proporciona, particularmente, na área da exploração de recursos naturais estratégicos como são os casos do carvão mineral e gás natural”, esclareceu aquele diplomata, apontando o aproveitamento do gás natural, construção de infra-estruturas e indústrias diversas como as áreas que mais cobiçam os investidores nipónicos.

“Devido às suas enormes potencialidades económicas, está a aumentar o número de firmas que querem saber como vir a Moçambique fazer pesquisas de áreas a investir”, salientou Hamada, falando esta terça-feira, em Maputo, à margem da apresentação oficial do Grupo Hitachi, uma multinacional japonesa e líder mundial no desenvolvimento de infra-estruturas para produção e exploração de energia eléctrica, uso de tecnologias de informação e Comunicação (TICs), equipamento de construção civil e para transporte e abastecimento de água.

Em Moçambique, aquela firma opera na província central de Tete, onde está a edificar infra-estruturas diversas para a companhia brasileira Vale Moçambique, que está envolvida na exploração de carvão mineral naquela região.

Depois de Moçambique, uma cerimónia idêntica deverá ser feita em Luanda, Angola, proximamente, porque “Moçambique e Angola constituem prioridades no programa de expansão das actividades do Grupo Hitachi em África”, explicou Nosizwe Dlengezele, responsável do sector de Marketing para África ao Sul do Sahara da companhia japonesa Hitachi, falando ainda ao Cm à margem da suprareferida cerimónia de apresentação em Moçambique da sua firma.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!