Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ITIE:Guebuza visita exposição sobre actividade mineira em Moçambique

O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, visitou, na tarde da última Quarta-feira, uma exposição representativa da actividade mineira no país, no quadro da V Conferencia Global da Iniciativa de Transparência da Indústria Extractiva (ITIE) que, esta Sexta-feira, termina, na capital francesa, Paris.

Durante alguns minutos, Guebuza ouviu explicações dos técnicos moçambicanos que estão a frente da exposição, acto que aconteceu momentos depois de o Chefe de Estado moçambicano ter participado numa das sessões plenárias da Conferencia que se debruçou sobre o tema: “A ITIE e a Transparência de Recursos – Tem Feito Diferença” , apresentado por alguns painelistas incluindo Mo Ibrahimo, Fundador e Presidente da “Fundação Mo Ibrahimo”.

No prosseguimento dos trabalhos desta Conferência, Guebuza apresenta hoje a sua intervenção que incidirá em torno do tema: “O Futuro da ITIE e a Transparência nas Receitas”.

Para o efeito, o Presidente da República integra um painel constituído, igualmente, pelo estadista tanzaniano, Jakaya Kikwete, o Vice-Primeiro Ministro iraquiano, Hussain al-Shahristani, o Sub-Secretario de Estado para os Assuntos Económicos, de Energia e da Agricultura dos EUA, Robert Hormats e o Director Executivo da Agencia Internacional de Energia, Nobuo Tanaka.

O painel integra ainda o Director Financeiro do Banco Mundial, Sri Mulyani Indrawati, o Fundador da ‘Open Society Foundations’, George Soros, e o Director Geral da Standard Life Investiments, Keith Skeoch.

No ‘Stand’ de Moçambique estão expostos folhetos, cartas indicativas das zonas de ocorrência de recursos minerais e hidrocarbonetos, legislação sobre o sector mineiro, entre outros materiais.

Segundo o Secretario Executivo da ITIE no MIREM e responsável pela exposição da Conferencia, Milagre Langa, aquela amostra insere-se no âmbito das exigências da ITIE, no que se refere a disseminação da informação sobre as actividades em curso no sector da indústria extractiva.

“Moçambique está numa altura em que acaba de lançar o seu primeiro relatório da ITIE, onde constam as receitas arrecadadas pelo Estado e os pagamentos que as empresas seleccionadas para cobrir o primeiro relatório do país efectuaram”, explicou Langa a jornalistas moçambicanos. Depois de apresentado o relatório, de acordo com Langa, a fase crucial é a disseminação do próprio relatório.

“Um dos objectivos da iniciativa é fazer passar essa informação até ao nível mais alargado para que toda a população esteja a par daquilo que é a ITIE e a própria actividade mineira no país”, explicou ele, sublinhando que a exposição em curso, a margem da Conferência, se enquadra neste mesmo âmbito.

Momentos depois da exposição moçambicana, Guebuza teve a oportunidade de visitar algumas outras, entre as quais a do Burquina-Faso, a convite de técnicos daquele pais, onde recebeu explicações sobre a implementação da ITIE naqueles países. A exposição do Burquina- Faso esta ao lado da de Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!