Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ismael Mussa Secretário-geral do MDM

O deputado Ismael Mussá foi eleito último Domingo, na cidade de Quelimane, província central da Zambézia, Secretário-geral do Movimento Democrático de Moçambique (MDM). Mussá, ex-deputado do maior partido da oposição em Moçambique, a Renamo, concorreu ao cargo com outros três candidatos, nomeadamente Bernabé Lucas Nkomo, João Colaço e Maria Moreno.

O nome de Ismael Mussá foi proposto pelo Presidente do partido, Daviz Simango, e ratificado pelo Conselho Nacional, que se reuniu durante dois dias em Quelimane. O Conselho Nacional do MDM ratificou também a composição da nova Comissão Política, que integra nomes como Agostinho Ossore, Lutero Simango e Domingos Manuel.

A escolha do Mussá como primeiro Secretário-geral do MDM, um partido criado há cerca de um ano, e da sua Comissão Política, concluiu os trabalhos do Conselho Nacional que juntou cerca de 100 delegados. O MDM elegeu oito deputados nas últimas eleições legislativas para as quais concorreu em apenas quarto círculos eleitorais, tornando-se assim na terceira força política mais votada, atrás da Frelimo, o partido governamental, e da Renamo. Segundo a RM, o MDM aprovou também a proposta do plano e orçamento para este ano no valor de 12 milhões de meticais.

Falando no encontro, o Presidente do MDM, Daviz Simango, pediu o empenho de todos para se engrandecer o partido, afirmando que esta formação é o garante da democracia multipartidária em Moçambique. O MDM foi criado por Daviz Simango, edil da Beira, depois de em 2008, nas eleições autárquicas, a Renamo, partido a que também pertencia, não o ter indicado de novo como candidato a presidência do município.

Simango acabou por concorrer como independente e, mesmo assim, ganhou as eleições na Beira, vencendo os candidatos da Frelimo e da Renamo. Em 2009, Simango criou o MDM e assistiu-se então, ao longo daquele ano, à fuga de vários quadros da Renamo para o novo partido.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!