Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ismael Mussa demissionário do cargo de Secretario Geral do MDM

O Secretário geral do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Ismael Mussa, confirmou na última sexta-feira última o seu pedido de demissão do cargo de Secretário-geral desta formação política com assentos na Assembleia da República, o parlamento.

“Realmente remeti a direcção do partido um pedido de demissão. O processo ainda está a correr e não gostaria de me pronunciar sobre as razões que me levaram a tomar esta decisão, agora. Quando tudo terminar, prometo sentar convosco e explicar tudo ao pormenor”, disse Mussa, citado pela edição do diário “Notícias”.

Ele explicou, no entanto, que a decisão não significa o seu abandono as fileiras do MDM, sublinhando que continuaria a sua militância na base do partido, mantendo o seu assento na Assembleia da República. O demissionário fez entender que há um mau ambiente no seio do seu partido, sublinhando o facto de ele não ser o único com intenções de abandonar os órgãos de direcção do MDM. “Tudo indica que João Colaço, membro do Secretariado do partido, e Dionísio Quelhas, membro da direcção da Planificação Estratégica, também manifestaram o desejo de abandonar estes cargos”, disse Ismael Mussa.

Perante a insistência em avançar com as razões do ambiente de crispação que se instalou na agremiação, o ainda SG do MDM prometeu avançar com mais detalhes nos próximos dias. Bernabé Nkomo deverá ser o sucessor de Mussa. O “Notícias” refere que o mau ambiente vivido no seio do MDM deriva dos métodos de gestão do partido, alegadamente baseados em afinidades familiares e tribais, mas Mussa escusou-se a comentar tais alegações.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!