Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Invasão do Iraque foi “ilegal”, diz vice-primeiro Ministro britânico Clegg

O vice-primeiro-ministro britânico, Nick Clegg, qualificou esta quarta-feira de ilegal a invasão ao Iraque em 2003, colocando o novo governo de coalizão sob pressão para mostrar uma maior clareza em sua posição sobre essa guerra.

Clegg apresentou-se no Parlamento, enquanto o primeiro-ministro David Cameron visita os Estados Unidos. Cameron, como grande parte de seu partido conservador, que é maioria na coalizão, apoiou a participação britânica na invasão do Iraque durante o governo trabalhista anterior.

Uma porta-voz do primeiro-ministro disse que Clegg só estava a expressar a sua opinião pessoal e não disse qual é a posição exata da coalizão. O comentário do líder liberal democrata poderia ser considerado uma crítica a Jack Straw, que foi ministro das Relações Exteriores durante a invasão.

“Estou feliz de relatar tudo o que estamos fazendo neste governo de coalizão… que reuniu dois grupos de trabalho que estão juntos pelo interesse nacional e para arrumar o caos que havia”, disse Clegg. “Talvez tenhamos que esperar suas memórias (de Straw), o que poderia explicar seu papel na decisão mais desastrosa de todas, que foi a invasão ilegal do Iraque”, acrescentou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!