Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Interrompida há cerca de um mês CIRCULAÇÃO DE COMBOIOS CRUZADOS RECOMEÇA AMANHÃ, TERÇA-FEIRA

D epois de uma paralisação de quase um mês, reinicia amanhã a circulação de comboios cruzados de passageiros entre Nampula e Cuamba e vice- versa.

Fernando Couto, Administrador Executivo do Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN), disse terem sido asseguradas as condições necessárias para a retoma do processo, que, entretanto, é considerado de escasso rendimento para a empresa.

De salientar que o CDN despendeu cerca de três milhões de dólares americanos na aquisição, a partir da Índia, quatro novas locomotivas para reforço da sua capacidade operativa.

Couto, que falava em conferência de imprensa, disse que a sua empresa está, igualmente, a identificar uma área para instalação, no porto de Nacala, de um novo terminal de contentores.

O projecto destina-se a descongestionar o actual terminal que, devido ao estado obsoleto dos seus pilares, não suporta a crescente demanda que aquele porto regista presentemente.

Localizado no extremo sul da Baía de Bengo, o porto de Nacala foi aberto ao tráfego marítimo em Outubro de 1951, e apresenta condições de navegabilidade verdadeiramente excepcionais, permitindo a entrada e saída de navios sem restrição de calado, ao longo qualquer hora do dia.

Actualmente, está apetrechado de um terminal de carga geral, um terminal de contentores e um terminal para granéis líquidos. O Terminal de Carga Geral tem capacidade para manusear 2.400.000 toneladas de carga por ano, e dispõe de 8 armazéns que ocupam uma superfície de 21.000 m2. O Terminal de Contentores, por sua vez, tem 372 metros de comprimento e uma área de armazenamento capaz de acomodar 6.722 TEUS. Enquanto que o Terminal para granéis líquidos está ligado a depósitos de combustível através de um ‘pipeline’ com 3,5 km de extensão, e a tanques de óleo vegetal.

Em face das suas importantes infraestruturas e da sua privilegiada situação geográfica, Nacala assume-se, assim, como um porto de baldeação por excelência para toda a costa oriental de África. Wf

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!