Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Inter segue sem vitória e Barça desencanta na Champions

O tetracampeão italiano Inter de Milão não passou do empate (1-1) em casa contra o Rubin Kazan, enquanto que o Barcelona confirmou o seu favoritismo ao derrotar o Dínamo de Kiev por 2-0, no Camp Nou, nas principais partidas desta terça-feira, válidas pelo grupo F, na segunda rodada da Liga dos Campeões da Europa.

Em Milão, o campeão e atual líder da Liga russa abriu o marcador aos 11 minutos com o atacante argentino Alejandro Domínguez, mas a equipe de José Mourinho empatou aos 27 com um golo do sérvio Dejan Stankovic. O Inter somou apenas o seu segundo ponto em duas jornadas, já que havia empatado na estreia com o Barcelona em 0-0, em casa.

O Rubin Kazan somou o primeiro ponto de sua história na Champions, depois de ter estreado com derrota por 3-1 para o Dínamo de Kiev. “Levando-se em consideração o que aconteceu na partida, é um ponto ganho. Poderíamos ter perdido, e por isso é positivo”, analisou Mourinho. “Eles marcaram, mas nós empatamos. E aqui eu vi o Inter jogar, criar oportunidades, e terminar bem o primeiro tempo. Tínhamos que ter continuado assim no segundo tempo. Mas sabemos o que aconteceu”, disse, referindo-se à expulsão do ponta Mario Balotelli no segundo tempo devido ao segundo cartão amarelo.

Já o Barcelona venceu o Dínamo de Kiev por 2-0, com grande atuação do argentino Lionel Messi. O Barça conseguiu a sua primeira vitória na competição com o golo de Messi, aos 25 minutos, e do atacante Pedro, aos 76 de jogo. “A equipe conseguiu ganhar de um adversário que complicou muito a nossa tarefa. Tive a chance de marcar, e estou feliz”, disse Pedro.

Outro destaque da jornada foi a goleada de 4-1 do Sevilla sobre o Glasgow Rangers, em plena capital escocesa, pelo grupo G. O show de golos da equipe espanhola teve participação brasileira com Adriano e o artilheiro Luís Fabiano. Após um primeiro tempo disputado no Ibrox Park, o Sevilla iniciou uma chuva de golos com Konko (50), Adriano (64), Luís Fabiano (72) e Kanouté (74). A equipe da casa descontou com Kevin Thomson (88).

Completando a jornada da chave G, o Sttutgart abriu o placar fora de casa contra o Unirea Urziceni, da Romênia, com Tarci aos 5 minutos, mas a equipe anfitriã empatou com Varga, aos 48 do primeiro tempo.

No grupo E, a Fiorentina venceu o Liverpool por 2-0 com dois gols do jovem montenegrino Stevan Jovetic, de 19 anos de idade, aos 28 e aos 37 do primeiro tempo. Pelo mesmo grupo, o Lyon não teve dificuldades para golear fora de casa o Debreceni da Hungria por 4-0, golos de Källström (3), Pjanic (13), Govou (24) e B. Gomis (51).

Pelo grupo H, o Olympiakos do treinador brasileiro Zico não conseguiu resistir à pressão e foi derrotado no final pelo Arsenal, em Londres, com golos do holandês Robin Van Persie, aos 78 minutos, e do russo Andrei Arshavin, aos 86. “Queríamos um outro resultado. Mas o Arsenal é uma das melhores equipes do momento. Fizeram uma partida fantástica”, considerou Zico após o jogo. Esse grupo ainda teve o empate entre AZ 67, da Holanda, e Standard de Liège, da Bélgica, por 1-1, com El Hamdaoui, aos 48 minutos de jogo, para os holandeses e Traoré, aos 46 do segundo tempo, para os belgas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!