Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Insurgentes tailandeses atacam quartel e militares matam 16 pessoas

Um ataque a um quartel tailandês, na madrugada da Quarta-feira (13), terminou com a morte de 16 insurgentes islâmicos, no mais violento incidente no sul do país em nove anos, marcando uma perigosa escalada num dos mais obscuros conflitos asiáticos.

Após receberem uma denúncia, os marinheiros acenderam sinalizadores e abriram fogo enquanto cerca de 60 insurgentes fardados aproximavam-se da sua base, por volta de 1h da madrugada, na província de Narathiwat, que faz fronteira com a Malásia, segundo Pramote Phromin, porta-voz do Comando de Operações de Segurança.

Segundo ele, nenhum militar ficou ferido. A violência é comum no sul da Tailândia, mas a dimensão desse ataque e o facto de ter uma base naval como alvo ilustram a dificuldade que a Tailândia – um país budista – tem para evitar que a insurgência islâmica de baixa intensidade evolua para um conflito mais perigoso.

A insurgência está em grande parte confinada às províncias de Pattani, Yala e Narathiwat, a poucas horas de carro de algumas das praias tailandesas mais frequentadas por turistas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!