Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Inhambane em vias de produzir argila

Arrancam, em finais de 2011, na província de Inhambane, estudos da viabilidade comercial da argila que abunda naquela região do Sul de Moçambique, determinantes para início ou não da produção industrial do mineral para fábricas de cimento.

Em entrevista ao Correio da manhã, Agostinho Trinta, governador de Inhambane, disse que a região dispõe de um potencial enorme de argila estimado em cerca de 665.204 metros cúbicos para fins industriais, muito particularmente no distrito de Jangamo.

Devido à ausência de unidades de processamento, a argila daquela província é apenas aproveitada pelo sector familiar para “o fabrico de tijolos e telhados para habitação”, acrescentando que, a nível industrial, o mesmo produto poderá ser também utilizado para a pavimentação de estradas.

Os estudos da viabilidade comercial da argila em Inhambane deverão ser feitos por especialistas da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) e inserem-se no âmbito da estratégia do governo provincial destinada ao maior aproveitamento dos recursos minerais existentes naquela região, segundo ainda Agostinho Trinta.

Lamentou aquele governante o facto de a maior parte dos recursos minerais daquela região “estar ainda inexplorada por falta de capacidade local e de tecnologias apropriadas para o efeito”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!