Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Inflação em Fevereiro agrava 0,66% em Maputo

O Índice de Preços no Consumidor (IPC) da cidade de Maputo registou uma variação mensal de 0,66%, enquanto o IPC de Moçambique que agrega as cidades de Maputo, Beira e Nampula registou uma variação de 0,39%, tendo a variação anual baixado para 2,38%, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A instituição realça, entretanto, que após um início do ano de 2014 sob pressão, o Metical tende a estabilizar-se no mercado cambial doméstico devido a ganhos nominais face ao Rand e perdas moderadas em relação ao USD.

Em termos de produtos, a inflação no mês de Fevereiro foi influenciada em parte pela subida do preço do tomate em 14,6%, alface em 13,7%, couve em 15,6%, coco em 5,7% e feijão manteiga em 1,9% com um impacto no total da inflação mensal de 0,71 ponto percentual positivo.

Desde Janeiro de 2014, a classe de produtos alimentares e bebidas não alcoólicas teve uma contribuição de 1,64% na inflação observada, situação explicada pelo aumento dos preços da classe de alimentação e bebidas não alcoólicas, que contribuiu com 0,37 ponto percentual para a variação total.

Importa referir ainda que a evolução da inflação nos primeiros dois meses do ano reflecte, para além de factores sazonais, o impacto de chuvas e inundações, o ajustamento em alta dos preços de materiais e propinas escolares, assim como o agravamento dos preços na África do Sul, conjugado com o impacto da depreciação nominal do Metical face ao USD e Rand no mercado cambial.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!