Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Indonésia defende uso da pena de morte para traficantes de droga

A Indonésia defendeu o uso da pena de morte para traficantes de drogas nesta sexta-feira, poucos dias depois do seu representante ser criticado numa conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre narcóticos, citando um aumento agudo na demanda e no consumo no país mais populoso do sudeste da Ásia.

O país vem recebendo críticas de todo o mundo por recorrer à pena capital, mais recentemente em decorrência de execuções de grande repercussão de estrangeiros condenados por tráfico de drogas apesar dos apelos reiterados de clemência feitos por governos e activistas internacionais.

“A Indonésia e países de mentalidade semelhante… enfrentam diversos desafios ao lidar com as drogas, e a pena de morte é uma das opções baseada na soberania da lei de cada país”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores indonésio em comunicado.

O representante da Indonésia na ONU recebeu críticas quando defendeu o uso da pena capital para crimes relacionados a drogas, dizendo que cabe a cada país decidir por si mesmo.

O presidente indonésio, Joko Widodo, declarou uma “emergência de drogas” na nação de 250 milhões de habitantes, mencionando o fluxo crescente de narcóticos como uma ameaça de segurança tão séria quanto a actuação de militantes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!