Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Índice global de preços dos alimentos sugere que novas altas são improváveis, diz FAO

A queda dos preços mundiais dos alimentos em Julho, após cinco aumentos mensais, sugere que as commodities não serão susceptíveis a novas altas no futuro próximo, disse nesta quinta-feira um economista sénior da agência das Nações Unidas (ONU).

O índice de preços de alimentos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) caiu 0,8 por cento em Julho, para 161,9 pontos, interrompendo uma trajectória ascendente que começou depois que quase bateu uma mínima de sete anos em Janeiro.

Os alimentos nos mercados internacionais ficaram 1,4 por cento mais baratos do que em Julho do ano passado, de acordo com o índice, que mede variações mensais para uma cesta de cereais, oleaginosas, lacticínios, carne e açúcar.

“Este sentimento de que os preços apenas começaram a subir um mês após o outro não pode ser real”, disse o economista sénior da FAO, Abdolreza Abbassian.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!