Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Indicadores negativos derrubam Wall Street, valores financeiros sobem

A Bolsa de Nova York fechou em queda esta quarta-feira, afectada pela divulgação de indicadores económicos mais baixos do que o esperado sobre o emprego e a actividade do sector de serviços, embora os valores financeiros tenham limitado o recuo: o Dow Jones caiu 0,42%, e o Nasdaq, 0,91%. O Dow Jones Industrial Average cedeu 39,22 pontos, a 9.280,97 unidades, enquanto o Nasdaq, de alto componente tecnológico, perdeu 18,26 pontos, a 1.993,05 unidades. O índice Standard & Poor’s 500, de composição mais ampla, caiu 0,29% (2,93 pontos), a 1.002,72 unidades.

Alguns dados económicos foram decepcionantes (…), dando ao mercado uma boa razão para fazer uma pausa e capitalizar lucros”, destacou Peter Cardillo, da Avalon Partners. A contracção nos serviços, reflectida no retrocesso do índice ISM do sector, afectou em particular o mercado, num momento em que os economistas esperavam uma melhora.

Além disso, um estudo do centro de recursos humanos ADP revelou que o sector privado nos Estados Unidos eliminou 371.000 postos de trabalho em Julho, cifra inferior à registrada no mês anterior (-463.000), mas superior às previsões dos especialistas (-350.000). O relatório precede tradicionalmente o do departamento do Trabalho, que será publicado na sexta-feira. Até então, os investidores devem agir com cautela, segundo observadores del mercado.

“Superamos a importante barreira dos 1.000 pontos no S&P 500, mas não tenho a impressão de que os investidores e corretores tomarão posições firmes, num sentido ou no outro”, destacou Cesare de Novellis, da Meeschaert New York. O Dow Jones e o S&P 500 chagaram a alcançar o equilíbrio na última hora do pregão, sustentados pelos valores financeiros – o que, no entanto, não foi suficiente para que as operações fossem encerradas no azul. O mercado obrigatório voltou a cair.

O rendimento dos bónus do Tesouro a 10 anos subiu a 3,764%, contra 3,679% na terça-feira, e o dos títulos a 30 anos a 4,561%, contra 4,464%.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!