Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Indiana vítima de estupro colectivo morre num hospital de Cingapura

A indiana vítima de um estupro colectivo em Nova Délhi que provocou protestos em toda a Índia morreu, Sábado (29) num hospital de Cingapura dos ferimentos sofridos no ataque, afirmou o hospital onde ela recebia tratamento.

“Estamos muito tristes em informar que a paciente morreu pacificamente às 4:45 da manhã de 29 de Dezembro de 2012. A sua família e funcionários do Alto Comissariado da Índia estavam ao seu lado”, disse o director-executivo do Hospital Mount Elizabeth, Kelvin Loh, em comunicado.

A mulher de 23 anos, que foi severamente espancada, estuprada e lançada de um autocarro em movimento em Nova Delhi, foi levada para Cingapura pelo governo indiano, Quarta-feira, para tratamento especializado.

A maioria dos estupros e outros crimes sexuais na Índia não é registada e os infractores são raramente punidos, dizem os activistas de direitos das mulheres.

Mas a brutalidade do ataque a16 de Dezembro provocou indignação pública e exigências para melhor policiamento e punição mais severa aos estupradores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!