Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

INCM reconhece má qualidade da rede de telefonia móvel

O Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique (INCM), entidade reguladora do sector, reconhece que a qualidade da rede de telefonia móvel celular no país está a degradar-se.

Segundo o Director-Geral do INCM, Américo Muchanga, as duas operadoras de telefonia celular móvel no país, nomeadamente Mcel e Vodacom, estão a cumprir com a sua missão de prestar serviços de comunicação, porém a qualidade dos mesmos ainda não está no nível que seria de desejar. “Como reguladores do sector, estamos satisfeitos pelo facto de as duas operadoras estarem a cumprir com a sua missão de prover serviços de comunicar, mas a qualidade da rede está a degradarse e não está ao nível que seria de desejar”, afirmou.

Para reverter este cenário, o Governo, em parceria com o INCM, elaborou um regulamento de qualidade de serviço, que obriga as operadora a prestarem serviços dentro de um padrão de qualidade. Muchanga asseverou que tal regulamento deverá ser aprovado em Junho próximo pelo Conselho de Ministros. “O regulamento entra em vigor 180 dias depois de ser aprovado. Assim, até Dezembro as duas operadoras terão que ter criado condições para fornecer serviços com qualidade”, frisou.

Questionado pela AIM sobre as prováveis causas da degradação da qualidade da rede de telefonia móvel celular, Muchanga explicou que tal pode dever-se ao facto de a infra-estrutura colocada nas zonas cobertas já não ser suficiente para o universo de utilizadores dos serviços. “As operadoras planificaram a infra-estrutura para um universo de utilizadores e esse número já foi superado.

Várias vezes tentamos fazer uma chamada e não conseguimos. Isso pode ser sintoma de uma infra-estrutura que tem capacidade inferior a planificada”, esclareceu. Face a esta situação, o regulamento obriga a que os operadores coloquem infraestrutura adequada para garantir qualidade necessária dos serviços.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!