Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Incêndio num hospital psiquiátrico na Rússia deixa 38 mortos

Trinta e oito pessoas podem ter morrido em consequência de um incêndio que se alastrou num hospital psiquiátrico ao norte de Moscovo, esta Sexta-feira (26), matando alguns pacientes nos seus leitos e outros que ficaram presos por trás de janelas gradeadas.

O fogo espalhou-se por uma edificação de andar único do hospital, que é formado por um conjunto de cabanas de madeira e tijolo que mantinham pessoas enviadas pelos tribunais russos.

As autoridades disseram que o incêndio, que começou por volta das 2h da manhã foi causado por pacientes que fumavam ou por uma falha eléctrica. Até o meio da manhã, apenas algumas paredes continuavam de pé. O tecto havia cedido sobre o metal retorcido que eram as camas.

Alguns corpos estavam no relvado próximo, envoltos em cobertores. As autoridades disseram que 36 haviam sido encontrados até o momento.

“Quem estava lá disse que tudo aconteceu num instante. A enfermeira abriu a porta do quarto e havia fumaça, e mesmo quando ela viu o fogo não conseguia chegar ao extintor de incêndio.

Aconteceu tudo muito rápido”, disse Andrei Vorobyov, governador interino da região de Moscovo. Ele disse ao canal de televisão Rússia 24 que a enfermeira havia salvo dois pacientes.

Ele disse que outros 36 estariam no hospital quando o fogo começou, mas outro funcionário local disse que 38 podem ter morrido.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!