Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Inaugurada fábrica brasileira de bolas

O ministro do Desporto do Brasil, Orlando Silva, inaugurou, esta sexta-feira, em Maputo, a fábrica de bolas do programa “Pintando a Cidadania”.

 Doada pelo Governo brasileiro nos finais do ano passado, a unidade de produção instalada no Centro Juvenil de Artesanato MozArte, na cidade de Maputo, vai confeccionar, inicialmente, 7.500 bolas de basquete, futebol, vólei, andebol e futsal. A meta é colaborar com a massificação do deporto em todo o país. Prevê-se que o projecto beneficie cerca de 150 mil jovens envolvidos em diversos programas sociais.

O projecto vai permitir que Moçambique adquira conhecimento da tecnologia de produção. Serão confeccionados 2.500 itens/mês destinados para um grande programa nacional desportivo do governo moçambicano em curso, além de escolas públicas, equipas de futebol e outras entidades que trabalham com o desporto social.

As bolas pioneiras são feitas de material sintético de PVC. A fábrica conta com 13 tipos de máquinas de qualidade e padrão industrial para o corte de mais de 100 bolas a cada 10 minutos, ou seja, 17 mil bolas/mês. A iniciativa brasileira gera emprego e renda para 56 costuradores de bola que foram capacitados há cerca de um mês pelo Ministério do Desporto do Brasil.

A fábrica foi transportada do Brasil rumo a Moçambique em navio cargueiro da Vale. Foram 17 toneladas de equipamentos, entre formas de correcção, compressores e laboratório serigráfico para impressão e máquinas de corte e matéria-prima (laminados de PVC, câmaras, tintas, agulhas e fios de costura).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!