Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Impunidades Criminosas” de Sol de Carvalho ganha prémio no FESTIN

“Impunidades Criminosas” de Sol de Carvalho ganha prémio no FESTIN

O filme “Impunidades Criminosas” do conceituado cineasta moçambicano, Sol de Carvalho, ganhou uma Menção Honrosa no Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (FESTIN), que terminou há poucos dias na capital portuguesa, Lisboa.

“Impunidades Criminosas” retrata a vida de uma mulher, Sara, que “farta” de ser vítima de agressões físicas protagonizados pelo seu marido, Armando, decide defender-se e, consequentemente, tira a vida do seu parceiro. Enraizada no sofrimento, mesmo depois de ter morto Armando, Sara não vive momentos de paz. Para além da alma do finado que a cada instante a procurava, os membros da quadrilha do seu esposo queriam se vingar. Condenada pelo crime e perturbada pela alma do morto que vagueiava à sua procura, Sara “ficará na prisão, expiando a culpa à sociedade, mas em paz com o seu interior”.

Moçambique foi igualmente representado neste Festival, onde também participaram cineastas de Angola, Brasil, Cabo verde, Guiné-Bissau e Portugal, por Nildo Essa, com os filmes “Os Pestinhas e o Ladrão de Brinquedos” e, Licínio Azevedo com “Hospedes da Noite” e “O Grande Bazar”.

Simione Iliescu foi eleita a Melhor Actriz do FESTIN, pela sua representação no filme “Cores” e o Melhor Actor foi Juliano Cazarré.

O público escolheu como melhor filme “Serra Pelada”, do realizador brasileiro Heitor Dhalia como a melhor longa-metragem. Igualmente foi escolhido como o melhor na curta-metragem o filme “perto”, do realizador português Jose Retré e, “Azul Alvim” do realizador português José Paulo Valente, como documentário.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!