Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Imprensa irlandesa denuncia classificação francesa e mão de Henry na bola

Irlanda apela novamente para jogar contra França

A imprensa irlandesa demonstra toda sua irritação esta quinta-feira com a jogada ilegal de Thierry Henry que, com a mão, ajudou a França a classificar-se para a Copa do Mundo da África do Sul-2010 ao empatar com a Irlanda na partida da segunda mão europeia, disputada esta quarta-feira em Paris.

“Fomos roubados” é a manchete do Irish Star, enquanto o Irish Mirror define o atacante do Barcelona como “Le Cheat” (“O Trapaceiro”).

 

 

Depois da “mão de Deus’ (“Hand of God”), como foi chamada a jogada do argentino Diego Maradona na partida contra a Inglaterra do Mundial de 1986, o Irish Sun classifica o gesto do jogador francês de “Hand of Frog” (“mão de sapo”), com o habitual desprezo usado nas ilhas britânicas em referência aos franceses.

A imprensa tradicional também bateu duro. O Irish Independent afirma que a partida foi um “roubo a mão armada”, enquanto o Irish Examiner menciona um “roubo em plena luz do dia” e pede às autoridades esportivas a adoção do vídeo na arbitragem.

O Independent lamenta a “grande injustiça com os homens de verde, que viram um erro do árbitro enviar os francese para a África do Sul”. No canal de televisão britânico BBC, o capitão da Irlanda, Robbie Keane, não escondeu a raiva contra os presidentes da Uefa e da Fifa, que apontou como culpados do favorecimento à França. “Tenho certeza que estão aplaudindo, com Platini sentado, e conversando por telefone com Blatter, ou estão trocando mensagens pelo telemóvel, eufóricos com o resultado”, disse.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!