Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Idosos satisfeitos com sua acomodação

Os idosos, que se encontram a viver no centro de velhice de Ampivini, localizado no distrito costeiro de Mossuril, em Nampula, manifestaram a sua satisfação em face das condições de acomodação que o referido centro construído pela direcção provincial da Mulher e da Acção Social, através do Instituto Nacional de Assistência Social, INAS, oferece àquelas pessoas.

O vice-ministro da Mulher da Acção Social, Virgílio Mateus, visitou recentemente o aludido centro, presentemente com um total de trinta novas casas de alvenaria albergando muitos idosos em condições desejáveis.

“Antes de eu vir viver para este centro sentia-me isolado lá na minha família, agora não sinto isso, já vivo numa boa casa com melhores condições, como água, cama, alimentação além de subsídio que o INAS nos dá. Espero que o governo continue a não esquecer outros idosos criando condições como estas que temos aqui”, disse visivelmente emocionado um idoso.

O centro conta igualmente com uma moageira onde é moída a farinha de milho e de outros produtos consumidos pelos idosos. A instalação da moageira que também serve as comunidades circunvizinhas, faz com que o centro não tenha problemas de falta de comida e o dinheiro que se consegue seja utilizado na compra de outros produtos que o centro precisa.

A nossa Reportagem apurou ainda que outras condições que foram criadas pela delegação do Instituto Nacional de Assistência Social, em Nampula, para o bem dos idosos no centro de velhice de Ampivini, referem- se nomeadamente à distribuição de gado caprino, cujo objectivo é de se aproveitar a carne para diversificação da dieta alimentar.

“Um dos factores que constatei é que o centro tem um bom relacionamento com a comunidade. Isso faz com que a comunidade também acompanhe a vida dos idosos que vivem neste centro. Portanto, não vamos isolar estas pessoas que precisam do nosso carinho. A relação e aproximação entre o centro e a comunidade devem ser cada vez mais fortes”, disse Virgílio Mateus, falando num encontro popular em Ampivini, depois de ter visitado todas as instalações do centro.

O governante afirmou haver esforços do executivo no sentido de construir mais 40 novas casas, já que o projecto contempla edificação de um total de 70 dessas infra-estruturas naquele centro para acomodar maior número de idosos.

Entretanto, um balanço do governo provincial de Nampula indica que durante o ano findo foram assistidos 36 idosos nos centros de velhice de Ampivini e Mutauanha, este último na cidade de Nampula.

No âmbito da parceria existente entre o executivo de Nampula e a APOSEMO, três idosos desta província participaram numa formação sobre associativismo e gestão da terceira idade, na província do Niassa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!