Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Homens da guarda de Dhlakama espancam gravemente menores de 11 anos

Um menor de onze anos contraiu graves ferimentos graves depois em consequência da agressão de que foi alvo por parte dos homens da guarda de Afonso Dhlakama, no distrito de Nacaroa, no dia que marcou o final da sua campanha eleitoral na província de Nampula. Informações colhidas pelo nosso jornal dão conta de que a vítima foi agredida pelo facto de se ter infiltrado na caravana da Renamo munido de panfletos da Frelimo e respectivo candidadto, o que não terá incendiado os ânimos dos apaniguados do partido da “Perdiz”.

O incidente ocorreu no último fim de semana na vila de Nacaroa, e envolveu a administradora do distrito, Rosa Vianeque, que, entretanto, acabaria por ser violentamente escorraçada pelos seguranças de Dhlakama, a pretexto de que ela tentara montar uma aparelhagem sonora como forma de inviabilizar o encontro de Afonso Dhlakama no local, onde, era aguardado por uma enorme moldura humana. Miguel Bartolomeu, das relações públicas do comando provincial da Polícia da República de Moçambique em Nampula (PRM), que confirmou a ocorrência, referiu que o menor em causa encontra-se de saúde, estando, presentemente, a receber tratamentos ambulatórios na própria residência.

Bartolomeu acrescentou ainda que a PRM está a monitorar o processo de realização de campanha eleitoral com vista a assegurar que o escrutínio de Outubro próximo venha a decorrer num clima pacifico. Afonso Dlhakama, candidato da Renamo à presidência da República nas próximas eleições, falando em Nacaroa a propósito do incidente disse que a sua formação política não pactuar com qualquer tipo de provocação contra as caravanas de caça ao voto da sua formação política.

Eu sou membro do Conselho do Estado, não admito que uma simples administradora tente meter o “bico” na vida do meu partido. Sublinhou Dhlakama. Por outro lado, o candidato da Renamo dirigindo-se a milhares de populares que ocorreram ao encontro popular que orientou na vila sede de Nacarôa, assegurou que, caso ganhe as eleições, irá criar condições para uma efectiva melhoria das condições de vida das populações daquele distrito, destacando a alocação de meios financeiros para introdução da agricultura mecanizada.

Vocês não podem ser enganados com os vulgos sete milhões, que não são oferta da Frelimo, pois derivam dos impostos cobrados aos moçambicanos. Alertou, na ocasião, Dhlakama. Wf

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!