Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Homens armados matam oito pessoas na República Centro-Africana dias após visita do papa

Homens armados na República Centro-Africana mataram oito civis em um acampamento para pessoas deslocadas e feriram um soldado das forças de paz da Organização das Nações Unidas, poucos dias depois de o papa Francisco visitar a capital, disse o coordenador humanitário da ONU no país nesta sexta-feira.

Os ataques ocorreram na quinta-feira em Ngakobo, cerca de 60 quilómetros ao sul da cidade central de Bambari, afirmou o coordenador Aurelien Agbenonci em comunicado.

O papa visitou uma mesquita na segunda-feira para implorar a cristãos e muçulmanos que acabem com uma espiral de ódio, vingança e derramamento de sangue que já matou milhares de pessoas nos últimos três anos e dividiu a nação.

A República Centro-Africana tornou-se violenta no início de 2013, quando rebeldes seleka, principalmente muçulmanos, tomaram o poder no país de maioria cristã, provocando represálias das milícias cristãs.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!