Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Homens armados cercam Ministério das Relações Exteriores da Líbia

Homens armados cercaram O Ministério das Relações Exteriores da Líbia, Domingo (28), pedindo uma lei que proíba os funcionários que trabalharam para deposto ditador Muammar Khadafi a assumir altos cargos na nova administração.

Pelo menos 20 veículos carregados com armas anti-aéreas bloquearam as estradas, enquanto homens armados com AK-47 e rifles de precisão desviavam o tráfego para longe do edifício, disseram testemunhas.

Além de cercarem o Ministério das Relações Exteriores da Líbia, grupos armados também tentaram sem sucesso invadir o Ministério do Interior e a agência de notícias estatal, disse o primeiro-ministro. “Estes ataques nunca vão nos colocar em baixo e não vamos nos render”, Ali Zaidan, em entrevista colectiva.

“Aqueles que pensam que o governo está frustrado estão errados. Nós somos muito fortes e determinados.” A tensão entre o governo e as milícias armadas está a aumentar nas últimas semanas, desde que foi lançada uma campanha para expulsar os grupos dos seus redutos na capital.

Desde que Khadafi foi derrubado por rebeldes apoiados pelo Ocidente em 2011, a Líbia tem sido inundada com armas e bandos armados que estão cada vez mais a atacar instituições do Estado. O protesto de Domingo foi a exigir uma lei, que já foi proposta, seja aprovada, proibindo funcionários da era Khadafi de assumirem altos cargos governamentais.

A lei pode forçar a saída de vários ministros, assim como o líder do Congresso, dependendo da formulação adoptada.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!