Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

HIV/SIDA nas forças armadas está controlado

O Comandante da Força Aérea de Moçambique, Major General Raul Dick, considera que o HIV/ SIDA nas Forças Armadas de Defesa (FADM) está controlado.

Falando recentemente, em Maputo, Dick justificou esta sua afirmação categórica dizendo que está em curso nas FADM uma campanha de prevenção da infecção pelo vírus causador da SIDA junto do efectivo militar. “O HIV/SIDA nas FADM está controlado, porque estamos a desenvolver uma campanha de prevenção”, vincou.

Entretanto, o Comandante da Força Aérea diz estar preocupado com fraca afluência dos militares aos Gabinetes de Aconselhamento e Testagem Voluntária (GATV), assim como o abandono ao Tratamento Anti-Retroviral. Estima-se que tenham desistido 251 doentes de um total de 1.592 pacientes em TARV. No que refere à testagem voluntária, dados apresentados por Dick apontam para apenas 493 pessoas que afluíram ao GATV até ao momento, contra as 4.185 registadas no ano passado.

A testagem constitui uma das formas de controlar a propagação do vírus do HIV/ SIDA. Quanto mais cedo a pessoa souber que está infectada, poderá tomar medidas preventivas para não passar o vírus a outras pessoas e até mesmo reinfectar-se. Se a pessoa que vive com o HIV se prevenir da reinfecção estará a retardar a evolução do vírus para o nível de doença e ainda viver muito mais tempo.

Na semana passada foi lançado o preservativo “Jeito de Manobra” que será distribuído gratuitamente às FADM, no âmbito dos esforços de prevenção e combate ao HIV/ SIDA no grupo dos militares, em particular, e no país, em geral. O “Jeito de Manobra” é resultado de uma parceria entre a PSI -Moçambique, Agência norte-americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e o Ministério moçambicano da Defesa Nacional (MDN).

Os referidos preservativos foram produzidos na Ásia e, anualmente, as FADM vão receber um milhão para distribuir pelos quartéis espalhados pelo país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!