Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Hiddink rejeita oferta para ser técnico da Costa do Marfim no Mundial

O treinador holandês Guus Hiddink rejeitou a oferta da Costa do Marfim para dirigir a selecção africana no Mundial de Futebol da África do Sul-2010, afirmou o treinador, no sábado, à imprensa holandesa.

“Devo admitir que a Costa do Marfim não tornou a decisão fácil para mim. Didier Drogba fez campanha a meu favor e também (o presidente da federação marfinense, Jacques) Anouma fez chegar a mim uma excelente proposta”, disse Hiddink ao jornal Telegraaf. No mês passado anunciou-se que Hiddink, actual técnico da Rússia, assumirá a direção da equipe nacional da Turquia a partir de agosto.

“Duas coisas me fizeram não aceitar a proposta (da Costa do Marfim): primeiro devo respeitar meu contrato com a Rússia (que acaba em julho), que sempre me respeitou. Depois, dei minha palavra à Turquia. Seus dirigentes são muito profissionais, não podia fazer isto com eles”, acrescentou o técnico. Hiddink foi treinador de Holanda, Coreia do Sul e Austrália, antes de comandar a Rússia.

O treinador anterior da Costa do Marfim, o bósnio Vahid Halilhodzic, foi demitido depois que a selecção não conseguiu chegar às semifinais da Copa da África, em janeiro. O francês Philippe Troussier agora é o grande favorito para assumir as rédeas da equipe africana. “Cabe à federação marfinense decidir se sou favorito ou não”, desconversou Troussier, em entrevista à AFP neste sábado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!