Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

HCB gasta 13,6 biliões de meticais para melhorar as suas infra-estruturas

A Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) está a aplicar 322 milhões de euros, equivalentes a 13,6 biliões de meticais, para o melhoramento e modernização das suas infra-estruturas até 2015.

O montante está a ser gasto desde 2010 em trabalhos de reabilitação de descarregadores, transformadores elevadores, reforço da potência e protecção das linhas de transmissão de energia contra os efeitos das cheias e poluição ambiental no rio Zambeze.

A reabilitação dos descarregadores visa eliminar fugas de água que tinham tendência de aumentar devido ao limite de vida útil das selagens, resolver problemas de corrosão nas comportas e blindagens dos canais de descargas e ainda renovar o equipamento electro-hidráulico de operações, segundo uma nota da HCB a que o Correio da manhã teve acesso.

Constatou-se que havia um elevado risco de avaria dos transformadores elevadores que já registavam “avarias grossas e muitos custos para a empresa”, acrescenta a empresa pública, realçando, por outro lado, que o apetrechamento da sub-estação de Songo vai reduzir os riscos de paragens forçadas mais ou menos longas e também melhorar a disponibilidade da energia fornecida à vizinha África do Sul.

O programa de protecção das linhas de transmissão de energia visa eliminar os problemas recorrentes causados pelas cheias e reduzir o índice de disparos das linhas devido à poluição no rio Zambeze, acrescenta igualmente a Hidroeléctrica de Cahora Bassa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!