Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Há mais raparigas a desistir da escola em Cabo Delgado

Está a aumentar o número de raparigas que desistem dos estudos nos distritos de Palma e Nangade, na província de Cabo Delgado, alegadamente devido à pobreza, aos casamentos prematuros, a gravidezes indesejadas, ao nomadismo, à falta de motivação para a instrução, aos ritos de iniciação, aos trabalhos domésticos, dentre outros factores.

Os professores dos dois distritos onde o fenómeno da desistência escolar tende a ganhar contornos alarmantes realizaram uma pesquisa cujo relatório foi tornado público esta semana. Segundo eles, aproximadamente 29% das raparigas do ensino secundário geral e 18% do ensino primário do segundo grau, matriculadas o ano passado, no distrito de Palma, por exemplo, deixaram de estudar.

Relativamente ao distrito de Nangade, o estudo indica que, no período em análise, cerca de 16% das meninas do mesmo subsistema de ensino abandonaram os bancos da escola, contra 10% que em 2010 também desistiram das aulas.

Este problema, de acordo com a investigação da Organização Nacional dos Professores dos distritos de Palma e Nangade, afecta sobremaneira a 9ª classe. Por isso, para inverter a situação, recomenda-se a introdução de medidas tais como a atribuição de bolsas, apoio em material básico de higiene e promoção de aulas de educação sexual e reprodutiva.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!