Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Há falta de professores no distrito de Mecuburi

O distrito de Mecuburi, na província de Nampula, Norte de Moçambique, enfrenta défice de professores para leccionar diferentes disciplinas. Neste momento conta com 432 docentes distribuídos pelos postos administrativos e localidades daquele ponto do país, mas precisa de mais de 100, dos quais apenas 63 foram contratados .

Para o presente ano lectivo, o distrito esperava receber pelo menos 84 novos professores, o que não aconteceu devido à falta de cabimento orçamental. Mas espera receber 15 pedagogos até finais de Março.

Entretanto, para cobrir o défice nas escolas onde a situação é considerada crítica, principalmente no nível básico, o sector da Educação movimento, dos postos administrativos de Naipe, Namina e Mecuburi-sede para os postos administrativos de Muite e Ratane, 70 pedagogos.

O director dos Serviços Distritais da Educação, Juventude e Tecnologia de Mecuburi, Virgílio Atanane, disse que a movimentação dos docentes não só se deve ao défice que se verifica nos lugares de afectação, mas também ao facto de estarem a trabalhar há mais de cinco anos na mesma escola.

“Seleccionamos professores dedicados e que tiveram um bom aproveitamento pedagógico no ano passado”, disse e Atanane e acrescentou que eles deverão fazer um turno e meio para garantir que os educandos não fiquem sem aulas.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!