Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guebuza recomenda estudo de uma ponte sobre o rio Incomati

O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, recomendou hoje a realização de um estudo de viabilidade para a construção de uma ponte rodoviária de raiz sobre o rio Incomáti, no distrito de Magude, província de Maputo, para facilitar a circulação de pessoas e bens, bem como impulsionar o desenvolvimento daquele distrito com grandes potencialidades agrícolas.

A necessidade de se construir uma ponte rodoviária sobre o rio Incomáti foi colocada pela população local durante um comício e reiterada hoje na Sessão Alargada do Governo distrital alargada os membros do Conselho Consultivo, dirigida pelo estadista moçambicano. Actualmente, Magude e’ servido por uma ponteca estreita concebida para a passagem da linha-férrea de Limpopo. Por falta de uma ponte rodoviária, aquela pequena ponteca ferroviária serve também para a passagem de viaturas e pessoas, com todos os riscos que a situação acarreta.

Guebuza, que hoje cumpriu o segundo dia da Presidência Aberta na província de Maputo trabalhando nos distritos de Magude e Marracuene, orientou as autoridades governamentais locais para realizarem o referido estudo de viabilidade, que deverá ser apresentado num futuro próximo.

A ponte rodoviária também e’ de vital importância para a Açucareira de Xinavane, sobretudo nesta fase que esta empresa está apostada na expansão das suas áreas de produção. Fonte da empresa, revelou que esta unidade está a ponderar seriamente na possibilidade de construir uma ponte alternativa sobre o rio Incomáti, para facilitar o transporte de cana sacarina do centro canavial de Timanguene para a nova fábrica de açúcar, que começa a laborar em Junho próximo. Guebuza visitou e inteirouse do funcionamento deste centro que fica de um lado do rio e a fábrica do outro.

A necessidade de construção de uma ponte igualmente levantada pela população do distrito de Marracuene, também atravessado pelo rio Incomáti, no comício que o Presidente Guebuza orientou hoje no Bairro Muemo. Com relação a este distrito, a ponte serviria para facilitar a ligação a circulação de pessoas e bens entre a vila sede e Macaneta, cuja travessia actualmente e’ garantida por um batelão.

Guebuza prossegue a sua Presidência Aberta a província de Maputo na Quarta-feira trabalhando em Marracuene e depois em Namaacha.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!