Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guebuza defende valorização da pessoa da terceira idade

O Presidente da República, Armando Guebuza, defendeu a valorização da pessoa da terceira idade, fonte onde a nação moçambicana encontra as raízes que sustentam e fazem o povo viver intensamente a sua história e feitos e exaltar vivamente a sua moçambicanidade.

Guebuza, que falou na quarta-feira , em Maputo, na abertura da Segunda Conferência Nacional da Terceira Idade, disse que, apesar de os idosos transportarem um manancial de saberes, a Guebuza defende valorização da pessoa da terceira idade autoridade que ostentam nem sempre constitui razão suficiente para serem valorizados e compreendidos no seio da família a na sociedade. São (lamentavelmente) conhecidos casos em que pessoas da terceira idade são discriminadas, abandonadas, violentadas, humilhadas, mutiladas e mortas pelos seus próprios filhos e netos, que, segundo Guebuza, esquecemse de que, com alguma sorte, também poderão chegar a esta idade e que certamente não gatariam de ter o tratamento menos digno que dispensam aos seus progenitores.

“As pessoas da terceira idade são testemunhas vivas e memoria do que foi a dominação estrangeira, que guardam traumas da violência física e psicológica engendrada por quem, a todo o custo, procurava sufocar a nossa reclamação do lugar que nos era inalienável no seio das nações livres e soberanas”, destacou o Chefe do Estado. Guebuza manifestou a sua admiração pela capacidade de perdão, explicando que apesar de toda a maldição de que tem sido vitimas, as pessoas da terceira idade tem sido capazes de ver o praticante desses actos (seu filho ou neto) e trata-lo como tal, com amor e carinho e usar todas as oportunidades que lhe aparecem para continuar a educa-los.

“Uma sociedade que não sabe cuidar da pessoa da terceira idade não é digna de si própria”, disse Guebuza, apelando a sociedade a continuar empenhada na valorização da pessoa idosa, combatendo todas as formas que concorram para a sua discriminação, ou que colocam em causa a sua integridade física e moral. Guebuza reiterou o compromisso do Governo de continuar a promover a valorização do saber e experiência, em prol do bem da família, para que a pessoa idosa continue a dar o seu contributo na implementação da agenda nacional de luta contra a pobreza e promover a existência de uma sociedade inclusiva.

Na ocasião, Guebuza saudou o trabalho desenvolvido pelas organizações da sociedade civil e parceiros de desenvolvimento em apoio as pessoas da terceira idade, no campo e na cidade, em complemento das acções do Governo. O encontro, que decorre ate quinta-feira, devera passar em analise o grau de cumprimento das recomendações da primeira Conferência Nacional da Terceira Idade, realizada em 2005, e perspectivar acções futuras.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!