Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guarda prisional fere cidadão no Búzi

Um guarda prisional afecto a Cadeia Civil no Distrito do Búzi, a Sul da Província de Sofala, encontra se detido desde a dias nas celas do Comando da PRM no mesmo distrito, em virtude de ter baleado cidadão identificado por Manuel Luís Manuel, provocando-lhe ferimentos graves.

De acordo com o Porta-Voz do Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique em Sofala, Mateus Mazive, depois de desferir um tiro num dos pés da vitima, o guarda alegou ter agido daquela forma em legitima defesa, acusando a vitima de ter pretendido apoderar-se da arma do tipo AKM-47.

Disse que na circunstância encontrava-se a escoltar um prisioneiro por sinal familiar de Manuel Luís Manuel e que Manuel pretendia a libertação do seu parente com recurso a força.

No entanto, a alegação do guarda prisional atirador foi refutada pela vítima, acabando a PRM por deter o guarda. Ainda no Búzi, um outro cidadão que responde por Paulo Filipe Magaia encontra-se detido por pratica de homicídio voluntário.

Consta que Magaia agrediu fisicamente até a morte o cidadão que em vida respondia pelo nome de Manuel Ucama, 45 anos de idade. O crime macabro ocorreu na localidade de Grudja. A fonte não revelou a motivação do crime.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!