Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo rotula fenómeno de “verdadeira ameaça à segurança nacional”

O Governo moçambicano considera que a imigração ilegal se tornou numa “verdadeira ameaça à segurança nacional”, apontando o registo, apenas este ano, de mais de seis mil imigrantes ilegais só na província de Cabo Delgado, Norte do país.

O ministro do Interior moçambicano, Alberto Mondlane, reconheceu que o país está a observar “um incremento desmedido do número de entradas ilegais”, em resposta a uma pergunta da principal bancada parlamentar da oposição, RENAMO, preocupada com “a entrada massiva e ilegal de cidadãos de outros países em Moçambique”.

“Este fenómeno tem vindo a ganhar formas cada vez mais complexas e perigosas. A partir do ano de 2010, a imigração ilegal tornou- se numa verdadeira ameaça à segurança nacional”, disse Alberto Mondlane.

Só nos primeiros dois meses deste ano, referiu o ministro, o principal ponto de entrada de imigrantes ilegais, na província de Cabo Delgado, Norte do país, registou um fluxo próximo do verificado em todo o ano passado.

“Só na província de Cabo Delgado, registámos um total de 6621 casos no período de 1 de Janeiro a 12 de Março deste ano. Em 2010, os nossos registos indicam que entraram mais de oito mil imigrantes ilegais”, acrescentou Alberto Mondlane.

Para estancar o fenómeno, o titular do pelouro do Interior apontou o reforço da capacidade organizacional e operativa das forças de defesa e segurança, melhoria do sistema de registo e controlo dos requerentes de asilo e intensificação da coordenação com os países vizinhos.

As explicações do ministro do Interior esta quarta-feira no Parlamento enquadram-se na sessão de perguntas e respostas entre os deputados da Assembleia da República e o Executivo moçambicano, que decorre entre quarta e quinta-feira desta semana.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!