Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo preocupado com Norte de África

O Primeiro-Ministro moçambicano, Aires Ali, exortou esta quarta-feira a população a manter-se vigilante para prevenir o perigo de instabilidade, como a que está a abalar a África do Norte e o Médio Oriente, “assolados pela onda de manifestações populares”. Aires Ali evocou a necessidade de a população moçambicana pautar pelo “civismo e urbanismo”, quando falava na sessão de perguntas e respostas entre os deputados da Assembleia da República e o Executivo.

Ao enunciar uma série de medidas tomadas pelo Governo para enfrentar os desafios actuais no plano interno e externo, o Primeiro-Ministro moçambicano afirmou que o Governo acompanha com preocupação a evolução da situação política em alguns países da África do Norte e do Médio Oriente.

Por outro lado, o Governo admitiu que a imigração ilegal se tornou numa verdadeira ameaça à segurança nacional, apontando o registo apenas este ano de mais seis mil imigrantes ilegais só na província de Cabo Delgado.

O ministro do Interior moçambicano, Alberto Mondlane, reconheceu que o país está a observar “um incremento desmedido do número de entradas ilegais”, em resposta a uma pergunta da principal bancada parlamentar da oposição, a Renamo, preocupada com “a entrada massiva e ilegal de cidadãos de outros países em Moçambique”. “Este fenómeno tem vindo a ganhar formas cada vez mais complexas e perigosas. A partir do ano de 2010, a imigração ilegal tornou-se numa verdadeira ameaça à segurança nacional”, disse Alberto Mondlane.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!