Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo interino líbio rejeita cessar-fogo humanitário em Benghazi

O Governo interino líbio exprimiu a sua surpresa relativa a várias declarações que pediram a abertura de corredores seguros para os “combatentes da organização Daech” e os seus aliados, garantindo que “eles estão a fugir para as zonas libertadas” que foram retomadas pelo Exército líbio, uma situação que os bloqueou em áreas de Benghazi, no leste do país.

O coordenador humanitário das Nações Unidas para a Líbia, Ali Zaatari, apelou para uma trégua humanitária e a evacuação com segurança dos civis retidos nas zonas de combate em Benghazi, cidade exposta a um ressurgimento da violência. “Aqueles para quem se pede uma passagem segura não são civis”, afirmou este domingo o porta-voz oficial do Governo interino, Hatem al-Oreibi, acrescentando que nestes casos “os que são filiados no Daech e na milícia Ansar Asharia são civis ou instituições da sociedade civil”.

Al-Oreibi interrogou-se “quem está a combater então as unidades do Exército líbio e as forças que o apoiam nos últimos dois anos? Não são os que impediram as forças militares de progredir, obrigaram os cidadãos a deslocar-se, destruíram casas e infraestruturas ? Estas vitórias obtidas pelo Exército na cidade de Benghazi e a alegria da nação toda inteira é uma guerra contra os civis ou a derrota do Daech pelo Exército líbio, que não possui metade do armamento destas organizações em Benghazi”.

Ele apelou à Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia (MANUL) e a todas as instituições interessadas pela luta contra o terrorismo a visitar a cidade de Benghazi, que se tornou segura após a guerra contra o terrorismo à luz do silêncio da comunidade internacional. O responsável líbio indicou que, desde o início das operações militares, o Exército líbio apelou aos civis para deixar os locais e as zonas de engajamento militar com as organizações terroristas, fornecendo corredores de segurança para eles.

O Exército líbio fez uma forte progressão nos últimos dias em todas as zonas de combates na cidade de Benghazi e libertou numerosas zonas estratégicas das mãos das milícias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!